Post Top Ad

30/03/2019

Blog da Clara: Habbo Betina - A Série
30/03/2019 -
13 comentários
Clara Blogueirinha



Conteúdo exclusivo da Habbo News que conta a história de uma Habbo que transformou 1520c em 1 milhão e 42 mil créditos. Entre os dias 24/03 e 31/03 acompanhe o site para não perder nada dessa série!




Episódio 1


Episódio 2


Episódio 3


Episódio 4


Episódio 5


Episódio 6


Episódio 7


Episódio 8


EPISÓDIO 1: A VIRALIZAÇÃO DO VÍDEO!

“Oi. Meu nome é Bettina, eu tenho 22 anos e 1 milhão e 42 mil reais de patrimônio acumulado”. É bem provável que você já tenha se deparado com essa apresentação ao abrir um vídeo no YouTube ou no Facebook, ou até mesmo visto alguns memes nas redes sociais com o rosto da jovem.

O nome dela ganhou as redes sociais na semana passada liderando na lista de assuntos mais comentados na internet. A fala faz parte de uma peça publicitária da consultoria de investimentos Empiricus Research. Na propaganda, a jovem diz ter conseguido juntar o montante após passar a comprar ações na bolsa de valores.

Além de "irritar" os internautas, o vídeo ainda causou polêmica na discussão sobre o mérito da jovem, que teria transformado um investimento inicial de R$ 1,5 mil em patrimônio milionário. No entanto, ela pertence a uma família de empresários, que já acumularam bastante durante a vida.
*A Empiricus reforça que a história da moça é verdadeira.

Confira o vídeo versão Habbo da Betina feito por PentresKing:



Sinopse: E onde o Habbo Hotel entra nisso? Nos próximos dias a Habbo News, com ajuda de seus colaboradores, irá contar exclusivamente nessa matéria a história de Habbo Betina, moça a qual, através de investimentos, conseguiu chegar aos 8 dígitos no Habbo Hotel. Foram vários erros ao longo do tempo que enfim a levaram a enxergar a melhor forma de lucrar no jogo que era mexendo na bolsa ( feira livre ). Como isso? Acompanhe a série e fique por dentro!



Se você quer ter um inventário como esse acompanhe minha série!




EPISÓDIO 2: O COMEÇO!

E para começar: eu não comecei do zero. O Tio Frank me deu, por ser novata, 20 créditos por confirmar o número de telefone. Uma promoção que ficou disponível por cerca de um ano.



Eu peguei esses créditos e transformei em moedas. Fui atrás de lojinhas em busca de mobis baratos. Como eu não tinha muito jeito eu olhava os preços dos mobis pelas Fã Sites da época. Eu pechinchava o que podia com o objetivo de levar mais por um menor preço para assim depois ter lucro ao revender.



A procura não era pouca... como a maioria dos vendedores eram lucradores era meio chato receber os NÃO! Alguns jogadores voltavam a jogar na época e vendiam mobis clássicos bem abaixo do preço. Isso que era o bom, os mobis voltavam ao mercado.

Minha revenda era básica. Mobis misturados, um em cima do outro... Criava um evento no navegador mas esvaziava rapidinho ao saberem dos temidos preços que eram atrativos para mim e espantosos para eles. Isso acontecia por eles serem lucradores assim como eu.



Passavam-se as horas e as mobílias iam sendo vendidas pois sempre tinha um famoso passando por lá atrás de itens decorativos. Como era os mobis mais baratos vendiam rápido.



Como sempre sobrava umas mobílias - indesejáveis - e como eu precisava de lucro eu fazia uma espécie de "pacote" até alguém compra-lo. Infelizmente essa parte eu não gosto de lembrar porque aqui não tem lucro.



Foram várias semanas assim. Nesse primeiro dia que citei consegui uns 15c de lucro. Bem pouco mas era o começo. Eu comecei a fazer algumas amizades nesse mundo de negócios do jogo, principalmente com a Jollie, que fez ter uma visão mais ampla de como ter lucros no jogo.



Ela me disse que havia os famosos leilões de raros... quem dava a maior oferta levava o raro ofertado - observando que se o dono achasse o preço aceitável. O lucro era razoável e melhor do que passar horas e horas atrás de mobis a preço baixo para tentar a sorte os revendendo! Enfim eu aposentei minha lojinha com 136c e fui para o mundo dos leilões.




EPISÓDIO 3: LEILÃO DE RAROS!

Os leilões de raros, bem famosos na época, atraiam diversos tipos de jogadores, desde novatos em busca de doações à habbo-milionários que esbanjavam efeito totem.

Seguindo a dica da minha amiga fiquei de olhos nos mobis que estavam sendo leiloados e nas ofertas. Como eu não era de ficar calada eu sempre dava uma oferta... as vezes eu "ganhava" mas eu não era louca de pagar um valor exuberante e levava um mute de alguns minutinhos..

O horário de menor movimento era o melhor para conseguir raros baratos. E era o inicio da manhã. Como os lucradores estavam dormindo - ou na escola - o caminho estava livre para eu comprar o que pudesse.



Serpas, sorveteiras, e máquinas de fumaça... os raros clássicos eram os que mais vendiam. Eu lucrava 5c em uma hora, 10c em outra e assim ia levando. Como eram vários leilões ativos os lucradores quase não me viam.

Os lucros nem sempre era alto. Como eles seguiam a "Feira Livre" para vender os raros eu tinha alguns prejuízos... de uma hora para outra cerca de 50 mobis iam para feira a um preço 10% menor. Infelizmente eu não podia guardar para não ter prejuízo maior e eu vendia a qualquer preço.

Em cerca de 2 meses eu já estava com cerca de 360 câmbios e precisava de uma forma diferente de lucro. Com alguns contatinhos percebi que o catalogo era uma boa escolha já que a margem de lucro era fixa.




EPISÓDIO 4: ENTENDENDO O MERCADO!

O catalogo era uma boa escolha por haver sempre usuários atrás de determinados mobis com o problema do preço apenas impedindo-os de comprar. E é aí que eu entro! Levando mobis em quantidade eu obtinha um grande desconto e consequentemente podia vender a um preço menor que o catalogo atraindo assim clientes.

Para começar eu investi todos os meus 400c em wireds. Tipo de mobi procurado sempre por criadores de jogos já que eles sempre tinham novas ideias na mente, que não vêm ao caso. Em cerca de 4 horas já tinha vendido quase tudo e pude repor o estoque. Se fosse assim todo dia seria uma beleza mas parecia ser bom de mais para ser verdade.



Em uma semana as vendas despencaram. Não sei o que aconteceu... Já não estava vendendo quase nada. Todo "cliente" vinha falando que na feira estava mais barato. Infelizmente tive que escolher outro tipo de mobi para continuar meu negócio.



Renovei minha assinatura HC e comecei a investir em lajotas! Construtores sempre estavam atrás dela e por terem um preço salgado no catalogo e feira livre era uma boa escolha na minha opinião. Em 3 dias consegui vender todas elas. Em umas 2 semanas repeti isso por 4 vezes.

E mais uma vez aconteceu o mesmo fato... as vendas voltaram a estaca zero. Fiquei pensando e tentei relacionar os 2 fatos e entender o porque isso estava acontecendo. O resultado foi que esses mobis começavam a circular no mercado novamente por alguns usuários desistirem de seu projeto ou quererem um tempo depois seu capital de volta.



Nessa hora eu tinha que procurar um nova forma de lucro. Até esse momento eu já tinha juntado 829 créditos.


EPISÓDIO 5: UM SUPER BUG E A DECEPÇÃO!

Em mais uma conversa com meus contatinhos eu descobri um super bug que se encontrava no mesmo catalogo, que eu estava lucrando.



Ele falou que o lucro era certo já que ninguém conhecia. Inúmeros mobis que havia anos que tinham sido lançados no catalogo apareciam por ali.



Eu aventurei e fiquei de olho. Ele tinha me relatado que ficava por pouco tempo visto que a Equipe Staff ficava de olho na falha. Teve um dia que o Habbo Hotel passou por uma super atualização. Foram adicionados inúmeros mobis no Clube do Arquiteto, e alguns deles, por falha do Habbo, ficaram disponíveis no catalogo por cerca de 1 hora.



Como eu estava atenta escolhi os mobis que estavam mais valorizados na Feira Livre e comprei. Gastei todos os meus câmbios naqueles mobis. Um investimento de alto risco mas que iria gerar um alto retorno.

Comecei a soltar na Feira Livre um desses mobis e fiquei surpresa: estavam sendo vendidos! Mobi que paguei cerca de 4 câmbios estava vendendo a 50! Era 1150% a mais de lucro.



Os mobis que eu flagrei estavam abaixando na Feira, provavelmente mais pessoas sabiam do erro. Como eu era leiga eu parei de vender e guardei todos esses mobis por cerca de duas semanas.

E para a minha surpresa o mobi foi disponibilizado gratuitamente para todos. Uma baita surpresa que me decepcionou. Perdi quase todo valor que já tinha conseguido investindo em mobis e lucrando. Estava com meros 470c que não seria tão útil como a quantia que eu tinha anteriormente que me permitia fazer altos investimentos.



Fiquei com várias dúvidas. Precisaria me humilhar em lojinhas no Habbo? Atrás de mobis de 2 a 1c e depois ficar na espera da vontade de clientes, que na maioria eram lucradores, por longas horas?


EPISÓDIO 6: QUEBRA NAS TROCAS

O ano de 2016 estava começando e eu precisava de uma forma de recuperar todo lucro que eu já tive. Vi em Fã Sites na época que um raro estava por vir: a Sorveteira Azul-Piscina!

Pelo histórico de raros clássicos achei que o raro iria subir de forma semelhante ou até melhor que o Ventilador Terra que foi lançado no ano anterior. Pelo que eu soube ele ficou disponível por 24 horas, e após algumas minutos de saída, o preço dele começou a subir de forma extraordinária. Quem tinha comprado em quantidade se deu bem.



Eu decidi investi assim 80% de meus câmbios na Sorveteira que estava por vir e foquei no aguardo. No dia que lançou já comprei inúmeras delas, e as guardei, para venda no dia seguinte.

Minutos depois de sua saída fiquei acompanhando a feira e vi a decepção: muitas Sorveteiras na feira e o preço da mesa caindo sem parar. Uma guerra de sorveteiras eu poderia chamar... Isso levou a grande queda do raro, que pelo preço baixo e pela quantidade no mercado já era um mobi normal.
*O Recorde atual de sorveteiras com um único usuário é de 1400.



Fiquei alguns dias de olhos em leilões de raros e na Feira e pude notar que essa situação não iria mudar. Hoje já vale cerca de 4 câmbios. Vendi todas a um preço bem menor e assim tive um belo prejuízo.



Um mês depois o Habbo Hotel passou por uma super atualização. Agora qualquer moeda negociada era convertida em crédito no Habbo. Infelizmente eu não poderia voltar as lojinhas pois isso que era o legado das trocas.

Enfim o prejuízo só aumentou... decidi que a partir daqui iria pesquisar mais a fundo sobre como lucrar no jogo. Detalhe por detalhe e não seguir uma pontinha que pode me ferrar por falta de sorte.

Enfim soube de um novo negócio que estava por vir...


EPISÓDIO 7: A VOLTA POR CIMA

Enfim soube de um novo negócio que estava por vir. O Habbo começou em dezembro de 2014 a lançar visuais no catalogo e atraia inúmeros jogadores já que esses tipos de itens só podiam ser usados uma vez e não havia necessidade de ninguém "segurar" esses mobis por serem roupas.

Esse negócio que citei eram as roupas raras! Itens que ficariam disponíveis por tempo limitado, e consequentemente, se limitariam com o tempo já que novos jogadores vêm todos os dias.



Um tempo atrás ( dezembro de 2015 ) poucos jogadores perceberam o Pack Acessórios Dourados no catalogo. Não deram muita atenção a ele. DOURADO! Jogadores sempre desejavam uma cor no jogo sem precisar de assinatura no Habbo Club. O mobi também por outro lado era chamativo.



Levei algumas unidades e cerca de uma semana depois ele começou a subir. Como eu era leiga eu deixava as coisas acontecerem. Não me envolvia no mercado diretamente. Tive apenas uns 500c de lucro que somados ao que tinha perdido já era mais o que eu tinha anteriormente!

O Habbo deu uma pausa de visuais raros e eu pacientemente aguardei. Forma longos 2 meses. A campanha Habbo Fashion Week estava chegando! Roupas exclusivas e raras para fazer moda no jogo!



Comecei levando vários Óculos Oversize, raro que tinha cara que seria bem procurado e valorizado. Em uma semana ele já estava com uma boa valorização. Como foi uma espécie de teste os vendi e tive cerca de 300c de lucro. Como ele estava sobre alta guardei umas 2 unidades para garantir meu futuro. Nunca se sabe se perderei tudo novamente. Já seria uma base.



O mesmo aconteceu com a Coroa de Nobre, Capacete Especial e Cabelo de Sereia. Roupas que seriam bem procuradas no futuro pelo seu incrível desenho e por serem inéditos no Habbo Hotel.


 

O lucro foi aumentando... Aproveitei e comecei a fazer uma coleção de raros visuais que tinham sido lançado até o período ( incluído até aqueles chapéus de festa ).

No fim de 2016 eu já estava com 5000 créditos e precisava ainda de lucro. Era um passa-tempo que eu adorava fazer e quem sabe seria uma utilidade pública mo futuro na minha vida na tomada de decisões importantes.


EPISÓDIO 8: PATRIMÔNIO E DOMÍNIO NO MERCADO

Mesmo com um grande patrimônio no jogo minha meta era chegar aos 8 dígitos no Habbo Hotel. Quem sabe me aposentar do mundo dos negócios com isso. Para isso faltava eu entender uma parte importante dessa área no jogo: como funcionava os bastidores da Feira Livre.

Eu sempre notei uma movimentação intensa em raros "novos" na feira. Em alguns momentos muitas ofertas estavam lá, em outra apenas algumas unidades. O que eu posso chamar de uma espécie de "manipulação do mercado".




Alguns jogadores compravam um raro em demasiada quantidade e os abaixava de preço na feira, de modo que, quem tinha o raro soltasse na feira para que o mesmo fosse recolhido e assim houvesse menos um no mercado.

Parece errado mais isso é o que fazia a Feira Livre se movimentar e houver a "alta" de raros na época no Habbo. Para fazer isso eu necessitaria de um grande investimento de risco, o que eu tinha, e decidir me comprometer nisso com os próximos raros que seriam lançados.



Comecei a levar todas as unidades de um raro que tinha o preço abaixo de 30c na feira ate conseguir uma quantidade razoável. Quando eu conseguia eu esperava cerca de um dia para começar a guerra de "raros": eu soltava eles a 28c. Em alguns minutos um usuário entrava na guerra e soltava a 27c. E claro: eu a 26c. Para conseguir o objetivo final que era obter o raro a um preço bem menor e  maior quantidade possìvel, diferente do normal que era 30c.

Fiz isso por meses. Só nessa primeira jogada consegui 3000 créditos ao vender todas unidades. E no final os esperados 1 milhão de créditos que eu citei no anúncio da primeira matéria.

Espero que tenha aprendido a mexer na Habbo Bolsa de valores nessa série conhecendo ou relembrando algumas coisas que realmente aconteceram no Habbo Hotel entre os anos de 2015 e 2016 nas trocas. Até a próxima :)




Créditos: PentresKing ( Thumb - imagem principal ), Nailson888 & Clara ( idealização, informações e criação ), .Corporation. ( Imagens do episódio 5 ) e Habbid ( imagens de alguns episódios ). Avalie a nossa série abaixo - é muito importante:


Confira o resultado do evento O Grande Investimento:


13 comentários:

  1. Pra mim só ter esse inventário já bastava :'(

    ResponderExcluir
  2. || Zero Emblemas || Adicionem brunopacman

    • Arquiteto [ 1c ]
    • Arquiteto de Quartos [ 1c ]
    • Goleador de Futebol + Goleador da Casa [ 5c ]
    • Dono de Fliperama ( Até o Nível: 10 ) [ 10c ]
    • As pessoas amam meus Mascotes! VIII [ 10c ] - 375 carinhos
    • As pessoas amam meus Mascotes! X [ 20c ] - 750 carinhos
    • 70% Habbo Respeitado VII [ 10c ] - 600 respeitos
    • 100% Habbo Respeitado X [ 20c ] - 1200 respeitos

    [ Não precisa passar conta! - Dependendo do emblema precisa ter grupo! ]

    Quarto: https://www.habbo.com.br/room/144874220

    ResponderExcluir
  3. Habbonews falso falando que não divulga canais

    ResponderExcluir
  4. impossível essa quantidade de moeda .fake

    ResponderExcluir
  5. Olá sou banconeide e tenho um patrimônio acumulado de 1.000 patinhos .

    ResponderExcluir
  6. Esse Habbo ai é Pirata viu kkkk, por que quase impossível ter essas moedas todas ai.

    ResponderExcluir
  7. Nailson ja saiu o resultado de quem ganhou ? A votaçao da banda da garagem que ganhar o panda do mês é o emblema, espero que nao aconteça o mesmo do panda verde aff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não foi entregue o emblema e consequentemente o panda também não em nossa comunidade. Em comunidades como .ES e .FI isso já aconteceu no início da manhã.

      Excluir
  8. Nunca mais vi leilões de raros. Agora só vejo C/V raros

    ResponderExcluir
  9. Pq guardar raro da prejuízo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um dia vão querer as moedas que gastaram de volta, se quererem rápido vão soltar a um preço bem menor que pode ser relativo a prejuízo para você ( depende do preço do raro ).

      Excluir



Sistema de comentários ainda não disponível :(

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas



Habbo News

Estrelas do nosso portal de notícias!

Vire uma ⭐ do site participando de nossas atividades ou interagindo em nossas notícias diárias através dos comentários.
Um dia você irá brilhar por aqui!


Fã Site não oficial!

CaiqueNery

Toda.Gay

Habinha13

-Salvatori

chapeuzim

.:Niko:.Skate

Copyrights © - Fã Site 2012~2019 Habbo News - Todos os direitos reservados. - Esta Fã Site não está afiliada com, patrocinada por, apoiada por, ou principalmente aprovada pela Sulake Oy ou suas empresas Afiliadas. Esta Fã Site pode utilizar as marcas registradas e outras propriedades intelectuais do Habbo, que estão permitidas sob a Política de Fã Sites Habbo.