Fechará em 30 segundos!
Fechar



Post Top Ad

07/10/2017

Habbo News 2.0: Pirâmide Financeira de Raros - Delação Premiada
07/10/2017 -
0 comentários
Nailson888



Estamos quase chegando no usuário por trás de todo esquema... Vamos ao desafio de hoje!

[tab] [content title="Investigações em massa - A5"]

Nas próximas semanas, sem data determinada para ser publicada aqui no site, porém, quando possível estaremos sempre ativos com o projeto "Investigações em massa", o qual, busca interagir você com histórias e fatos* que vários usuários juram ter acontecido no Habbo Hotel, não passando na maioria das vezes, de boatos ou fofocas, misturando fatos que acontecem na vida real, para entreter você desde pequenas atividades de raciocínio lógico à alguns jogos automáticos.

Como continuação de nossa investigação, no primeiro caso denominado de Pirâmide Financeira de Raros, vamos conferir a seguir como anda as investigações:


Perguntas feitas no interrogatório:

Policial: Gleicy, como começou o esquema? E quem está por trás dele?
Gleicy-Silva: Bem.. Vou te contar tudo assim como combinado com meu advogado. Conheci a um tempo atrás o Joaquim, um homem experiente em tecnologia, que me mostrou como ganhar muito dinheiro. Algo que não liguei muito. Com o tempo me apaixonei por ele e me apaguei pelos seus afazeres que estavam ligados ao Habbo Hotel e criei esta conta. Descobri que no esquema dele eram obtidos raros falsos que entravam no mercado ( feira livre no caso ), por um preço muito baixo, fazendo o olho de muitos lucradores do hotel crescer em relação a eles levando-os. Ao reentrar no jogo, coloca-lo em um quarto ou negociar com alguém automaticamente o susposto raro evaporava. Tudo começou com um Planeta Totem e continua nos dias de hoje com uma enorme variedade de raros. Os créditos obtidos na venda eram colocados em uma única conta e nela eram adquiridos raros verdadeiros nas trocas que eram guardados para trocas externas.

Policial: Quem era Thi-Lombardi?
Gleicy: Ele era a conta depósito a qual te contei. Trocamos de conta faz algum tempinho haha

Policial: O que aconteceu com o acesso a conta?
Gleicy: Bem, como te falei, trocas externas... Um amigo me fez um favor ai repassei a conta para ele com todos os raros que conseguimos na semana.

Policial: Como se chamava esse amigo? E qual foi exatamente esse favor?
Gleicy: Ele se chamava João. Bem, eu não entendo de tecnologia, mas, era para obter um servidor pra criar uma nova conta depósito aí, sabe.. sem nos identificar no caso. Ele fez esse favor aí ganhou a tal recompensa.

Policial: Bem, então, vocês tem atualmente uma outra conta depósito que foi criada pelo tal João, certo? Poderia nos informar? 
Gleicy: Paulo-Vile

Policial: Quem é Bruno-Finz?
Gleicy: Era um garoto que iria entrar no esquema mais que deu no pé com medo de ser pego. Assim como a Daiana eles iriam ficar nos Leilões de Raros divulgando que vários raros da feira livre estavam por um preço muito baixo para que vários usuários tivessem o conhecimento e levassem os mesmos.

Policial: O que te motivou a delatar tal facilmente o Joaquim, homem qual você se apaixonou, onde fatura muito dinheiro segundo suas declarações no depoimento?
Gleicy: Tudo começou como um negócio, mas, depois ele não soube se controlar e tornou isso tudo em um vício. Ele virou dependente disso, sabe...?

Policial: Obrigado pelos esclarecimentos. Se precisar nós chamaremos você aqui novamente para termos um novo papo. Beleza?
Gleicy: Se acontecer tudo o que foi combinado com meu advogado tudo certo.



Depois dessa conversa chegamos a várias conclusões. Confira:

1. João é um cúmplice que fez um serviço para um dos comandantes do esquema, no caso o Joaquim, em troca de uma conta com raros.
2. Paulo-Vile e Thi-Lombardi eram ou são contas depósitos do esquema.
3. Bruno-Finz e Daiana-Souza participam da pirâmide de raros.
4. Gleicy-Silva era uma das comandantes do esquema junto com Joaquim que agora se torna o principal suspeito da investigação.


O próximo passo da investigação é encontrar Joaquim com a mão na massa para que seja preso imediatamente, mas antes, iremos chamar os suspeitos para darem um novo depoimento para confirmarmos a história dada pela Gleicy. Uma prova essencial para o início de um processo penal e o fim da investigação.

Missão:



Encontre um quarto no Habbo Hotel que possua no minímo um Raro Limitado. Ao encontrar preencha ao formulário abaixo com o nick do dono, o nome do quarto sem esquecer do seu nickname.

Se não conhece a Coleção de Raros Limitados de 2012 e 2013 clique aqui!
Se não conhece a Coleção de Raros Limitados de 2014 e 2015 clique aqui!
Se não conhece a Coleção de Raros Limitados de 2016 e 2017 clique aqui ( indisponível )!



___________________________________________________________________
Formulário:


[/content] [content title="Premiação"]




1° usuário com um quarto válido: 5 câmbios + 25 XPs no Ranking de Investigadores.

5 usuários com um quarto válido via sorteio: 2 câmbios para cada + 20 XPs no Ranking de Investigadores.

10 primeiros com quarto válido: 20 XPs no no Ranking de Investigadores.

Todos participantes: Emblema em nosso novo site que estará sendo lançado em breve definitivamente.

*Extra: 10 usuários que participarem, sendo vencedor ou não, por sorteio ganharão 15 XP's em nosso ranking.
*Aviso: Não há nenhuma relação com o Habbo Hotel a não ser o prêmio em moedas.


Habbo Empresário - Digno de um investidor, acionista e empresário do maior mundo de pixels: o Habbo Hotel!

[/content] [/tab] 

Caso tenha alguma dúvida deixe nos comentários que responderemos o máximo rápido possível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Sistema de comentários ainda não disponível :(

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas



Habbo News

Estrelas do nosso portal de notícias!

Vire uma ⭐ do site participando de nossas atividades ou interagindo em nossas notícias diárias através dos comentários.
Um dia você irá brilhar por aqui!


Fã Site não oficial!

Tioxavierpedro

Injogavel

.::KruM::.

ferrazmatheus

Losing

Draigorj06novo

Copyrights © - Fã Site 2012~2020 Habbo News - Todos os direitos reservados. - Esta Fã Site não está afiliada com, patrocinada por, apoiada por, ou principalmente aprovada pela Sulake Oy ou suas empresas Afiliadas. Esta Fã Site pode utilizar as marcas registradas e outras propriedades intelectuais do Habbo, que estão permitidas sob a Política de Fã Sites Habbo.